Silvermine – La Mémoire des Chinois Ordinaires

“Grande parte da excitação que sinto, vendo estas imagens do cotidiano, é a sensação de entrar na vida destas pessoas.”

Thomas Sauvin

 

 

O projeto Beijing Silvermine começa em 2009, quando o fotógrafo e editor francês Thomas Sauvin passa a coletar negativos fotográficos 35mm que iriam para uma usina de reciclagem nos subúrbios da capital chinesa. Sauvin começa a organizar e digitalizar o material composto por cerca de meio milhão de imagens, separando-o em grupos temáticos como tvs, geladeiras, lazer, aniversários, esporte, trabalho, natureza, etc.

O resultado do trabalho tem sido apresentado na forma de exposições e em publicações no formato livro que mostram uma China fotografada pelo cidadão comum, em seu cotidiano e em viagens pelo mundo. A série Silvermine, editada pela AMC Books, apresenta uma série de 05 livretos com encadernação especial que simula um pequeno álbum de fotografias onde as fotos são impressas em papel fotográfico.

O documentário de Émiland Guillerme mostra o trabalho de Sauvin em resgatar e trazer à tona memórias abandonadas de uma China anônima. Imagens reunidas num acervo que este considera ser a “fotografia vernacular chinesa”.

 

documentário / cor / 12 min / 2012 / França

 

Ficha técnica:

Direção: Émiland Guillerme

Animação: Marie Gonguet

Mixagem: Virtuel Audio

Dublagem: Émiland Guillerme

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>