HARUO OHARA

“Hoje você é a flor. Agradeça à semente de ontem.”

 

O filme traz uma poética narrativa visual sobre Haruo Ohara e sua obra, reconstruindo com delicadeza o primor com que o fotógrafo lidava na criação de suas imagens. A estética e o estilo de vida de Ohara estão presentes em cada quadro do filme  que nos brinda com belos momentos ao recriar célebres fotografias do artista.

Haruo Ohara (1909-1999) emigra para o Brasil em 1927. Em 1933, vai se dedicar à agricultura de café no Paraná. Sua produção fotográfica, reconhecida pela sensibilidade e pelo domínio da técnica, é um importante documento para a memória da cidade de Londrina e da imigração japonesa no Brasil. Estudioso da linguagem fotográfica, funda o Fotocine Clube de Londrina em 1951. Também foi sócio do Fotocine Clube Bandeirantes (São Paulo). O seu acervo composto por cerca de 20 mil negativos, em preto e branco e colorido, foi doado ao Instituto Moreira Sales.

 

http://www.colecaopirellimasp.art.br/autores/191

http://veja.abril.com.br/blog/sobre-imagens/brasileiros/haruo-ohara/

 

Ficção / cor e p&b / 16 min / 2010 / DVCam / Brasil

 

Ficha Técnica

Direção, Roteiro e Montagem: Rodrigo Grota

Produção: Bruno Gehring

Direção de Fotografia / Operador câmera: Carlos Ebert

Direção de Arte: José de Aguiar

Edição de Som: Luiz Adelmo, Sandro Dalla Costa, Gura Roim, Rosana Stefanoni e Cláudio Augusto

Incentivo: Ministério da Cultura / Secretaria do Audiovisual

Elenco Principal: Marco Hisatomi, Márcia Kinjo, Rogério Ivano e César Sumyia

Prêmios
Entre outros, 38o Festival de Cinema de Gramado/RS: Melhor Filme (júri oficial e estudantil); Melhor Direção; Melhor Fotografia e Prêmio de Aquisição do Canal Brasil.

 

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>