Dorothea Lange – An american Odissey

“A câmera é um instrumento que nos ensina como ver sem câmera”

Dorothea Lange

 

Dorothea Lange é um dos grandes nome da fotografia mundial e seu estilo ajudou a definir a linguagem da fotografia documental. Seu trabalho é reconhecido a partir da documentação realizada para a Farm Security Administration (FSA) entre 1935 e 1939, quando registra a situação dos trabalhadores rurais dos Estados Unidos da América após a quebra da Bolsa de Valores de Nova York em 1929. Lange deixa de lado seu bem sucedido estúdio de retratos instalados em São Francisco para percorrer cerca de 20 estados do sul norte-americano revelando o sofrimento das famílias camponesas. Migrant Mother e White Angel Bread Line são ícones da Grande Depressão capturados pela fotógrafa.

O documentário de 37 minutos foi produzido por Tom Anderson e mostra a carreira da fotógrafa a partir das suas célebres imagens e das citações da autora.

documentário / cor & p&b / 2014 / Estados Unidos

 

Ficha técnica:

Fotografias: Library of Congress United States National Archives

Produção: Tom Anderson

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>