A Menina Afegã – Uma Vida Revelada (trailer)

“Nada me atrai tanto quanto explorar o mundo com uma câmera na mão”

Steve McCurry

 

O documentário vai em busca do paradeiro da menina afegã que aparece na capa da edição de junho de 1985 da revista National Geographic, se tornando a imagem mais conhecida da história da publicação. Na legenda, o seguinte texto: “Olhos assombrados nos falam dos temores dos refugiados afegãs”.

Steve McCurry cobrindo os conflitos no Afeganistão encontra Sharbat Gula, então com 12 anos de idade, num campo de refugiados no Paquistão. A jovem havia perdido os pais durante o bombardeio das tropas russas em seu país. O belo e comovente retrato trazia também o horror da guerra e se converteu num ícone dos conflitos no Oriente Médio e da realidade dos refugiados de guerra na região.

Após a queda do regime Taliban, uma equipe da National Geographic localiza Gula de volta ao Afeganistão. Com auxílio de exames de biometria, verifica-se que os padrões identificados em sua íris eram iguais aos da fotografia. Uma matéria especial com Sharbat Gula foi publicada em abril de 2002 com novas fotos de McCurry.

Aos 27 anos de idade Steve McCurry larga o fotojornalismo e viaja para Índia pela primeira vez. Dois anos e 200 rolos de filme depois, volta fascinado com a cultura da região. Nas três décadas seguintes foram mais de 80 viagens aquele país além de tantas outras para o Oriente Médio e Ásia. O fotógrafo assina trabalhos para a revista National Geographic e tem seu trabalho também consolidado no circuito das artes.

documentário / cor / 2003 / Estados Unidos

 

Ficha técnica:

Direção: Lawrence Cumbo Jr.

Produção: Lawrence Cumbo Jr.

Música:  Chris Biondo e Lenny Williams

Fotografia: Rich Confalone, Lawrence Cumbo, Dave Goulding, Scott Simper

 

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>